Governo Federal tem calculo para descobrir se o cidadão tem direito a benefícios

Muitos cidadãos têm dúvidas ainda se podem ou não receber o PIS 2019. Existe um cálculo criado pelo governo federal para descobrir se você tem direito em receber o PIS.

Este cálculo do PIS é feito com base no valor do salário que o trabalhador receber no ano anterior, no caso, o ano de 2018. Vale lembrar que o valor usado no cálculo é o valor líquido recebido e não o que consta como salário na carteia de trabalho.

Como calcular o PIS 2019

O cálculo do PIS é feito com base valor recebido de salário durante o ano anterior, divido pelo número de meses trabalhados no ano completo. Se o resultado do cálculo for menor que dois salários mínimos, o cidadão terá direito de receber o PIS.

Para fazer seu cálculo, some o valor que recebeu no ano de 2018 e divide pelo número de meses que você trabalhou. Se você não sabe ao certo o valor que recebeu no último ano, pode solicitar junto ao departamento pessoal de sua empresa.

Valor recebido no ano ÷ número de meses trabalhados = deve ser menor que 2 salários mínimos (R$ 1.356,00)

Exemplo: Salário de R$980 durante 9 meses de trabalho em 2018.

* 980 x 9 ÷ 9 = R$ 980 – Este funcionário tem direito ao PIS 2019 pois recebeu valor inferior a R$1356 (soma de dois salários mínimos).

Caso ainda tenha dúvidas sobre o cálculo, poderá consultar o PIS 2019 no site da Caixa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *